5 tipos de seios: descubra qual o seu e como deixá-los perfeitos

Cada tipo de corpo exige um cuidado específico, seja para consertar falhas que podem te incomodar ou valorizá-lo ainda mais. Com os seios não é diferente – importantes para autoestima de muitas mulheres, eles podem ter uma série de formatos e necessidades diferentes. Você sabe de que tipo é o seu? Antes de conferir as dicas, identifique as imagens que mais se parecem com o seios e confira as melhores técnicas, truques, roupas e exercícios para deixá-los incríveis.

tamanho dos seios (2)

Tipos de seios e cuidados para cada um

Seios caídos

  • Quando a aréola está na mesma direção da dobra de baixo do peito, os seios já são considerados caídos.

Melhores sutiãs: os modelos push-up, meia-taça e balconê são os que mais ajudam a levantar os seios.

Como levantar os seios sem silicone?

O passo principal é investir em exercícios que fortaleçam a região. Embora os seios mesmo não possam ser trabalhados, ao exercitar a musculatura em volta você consegue deixá-los mais firmes. Mas é preciso paciência: “A musculação é uma atividade de longo prazo, que requer continuidade. Os resultados começam a aparecer depois de três ou quatro meses”, explica o personal trainer Oswaldo Langella.

Seios espalhados

  • Ficam mais afastados um do outro e a distribuição do volume ultrapassa a largura das costelas. Quem tem peitos naturalmente grandes geralmente tem esse formato.

Melhores sutiãs: qualquer modelo pode ser utilizado, mas vale apostar nos que tem as taças mais juntas, sem espaço na região central. Assim, você alinha os seios à largura do tronco.

Dicas de moda

Evite modelos tomara-que-caia, que tendem a achatar e espalhar ainda mais os seios. Peças estruturadas, com decotes em V, por exemplo, fazem com que eles pareçam mais juntinhos.

Seios firmes

  • A aréola fica mais centralizada e acima da dobra da parte de baixo do peito. Geralmente pouquíssimo flácido, esse tipo de seio tem o volume distribuído igualmente, o que deixa o formato mais arredondado.

Melhores sutiãs: como não precisam de muita sustentação, qualquer modelo de sutiã pode ser usado. Se quiser dar volume, vale apostar nos modelo com bojo-bolha.

Seios juntos

  • Quem tem silicone ou tem os seios grandes muito firmes provavelmente tem esse formato. Os seios juntos podem formar uma espécie de vinco entre eles e têm as aréolas bem centralizadas.

Melhores sutiãs: esse formato também não exige muita sustentação, portanto, qualquer modelo de sutiã cai bem.

O que vestir?

Se a sua intenção é parecer mais magra, fuja de tecidos muito grossos ou texturizados, que vão unificar o volume da região e fazer com que você pareça maior. Vale apostar em peças bem fluidas e tomara-que-caia.

Seios flácidos

  • Comum em quem perdeu muito peso, passou por uma gestação ou tem seios naturalmente grandes, que são mais pesados. A aréola geralmente fica na altura da dobra da parte de baixo do peito.

Melhores sutiãs: o ideal é procurar por modelos que dêem bastante sustentação e levantem os seios, como os modelos push-up ou com bojo-bolha.

Como acabar com flacidez nos seios

A flacidez acontece quando se perde a tonicidade da pele, que fica com aquele aspecto de sobra. Mulheres que passaram por uma perda de peso grande ou período de amamentação estão mais sujeitas a esse problema e não tem jeito: é fundamental praticar atividades físicas regularmente para perder o excesso de gordura e fortalecer a pele. Outros procedimentos estéticos, como radiofreqüência e carboxiterapia são também boas opções  para tratar o problema.

Fonte: www.bolsademulher.com.br

Deixe uma resposta